4/09/2008

Parem as máquinas!


Já falei sobre o poder da mente sobre o corpo e sobre o poder da imprensa sobre determinadas situações, pois bem vou juntar os dois agora.

Perceberam que quando ocorre uma tragédia, principalmente aqui no Brasil, de repercussão nacional ela passa a virar moda? Vamos aos exemplos, o caso de Isabella que foi jogada da janela de seu apartamento, na mesma semana foi noticiado o caso de um pai que jogou a filha pela janela do apartamento. Outro exemplo, Suzane von Richthofen que assassinou os pais, lembro que naqueles dias surgiu o caso de um jovem que matou a avó, entre muitos outros casos.

Pois bem, certa vez assistindo o Debate PE na TV Universitária o tema era o jornalismo policial e um dos temas debatidos foi a influência que essas tragédias exercem sobre a população. Querendo ou não esses fatos tornam-se exemplos no sub-consciente das pessoas que ao se deparar em situações semelhantes agem da mesma forma. Psicologia deve explicar bem isso. Tendo em vistas esses dados me pergunto quando a imprensa terá um pouco mais de consciência e tomará uma atitude para evitar outros casos desse tipo, não percebem que estão matando gente pra vender jornal com mero sensacionalismo barato? Em breve farei um post só criticando a imprensa, podem esperar.

3 Comenta aqui, campeão!:

Priscilla disse... [Responder comentário]

A imprensa percebe quase tudo, mas o que ela quer ela consegue: influenciar e se beneficiar (seja com mais poder, seja com mais dinheiro)

Bruna disse... [Responder comentário]

foda isso.
oia eu aquiiiiiiii

Anônimo disse... [Responder comentário]

A imprensa é mau! ;P
Mas eu, na qualidade de defensora da mídia, não acredito q ela seja a responsável por tamanhas barbaridades q tornam a acontecer após a divulgação de uma tragédia.
Se assim fosse, então teríamos um mundo com efeito estufa totamente controlado! Um mundo sem dengue, nem febre amarela, uma Amazônia preservada, estradas sem acidentes...
Enfim... de fato a mídia influencia em determinados aspectos, no sentido de propaganda, marketing, na merchandising (n sei como se escreve essa palavra), esse tipo de mídia nos conduz a consumir determinado tipo de produto, mas não a modificar ou influenciar o nosso comportamento.
Acredito que, quando a imprensa divulga um fato, não é para obter audiencia, venda de jornais ou algo do tipo, mas sim para nos informar sobre o q acontece pelo e com o mundo... o quem vem a acontecer após a divulgação de certas notícias, é apenas consequencia de atos impensáveis e desumanos, os quais sao cabíveis a tola cabeça de pessoas insanas.


beijo,
Aline L.