6/15/2009

Ressaca


É, cada dia que passa eu vejo que estou me tornando uma pessoa velha e chata. Será que eu não poderia ser inconsequente para sempre? Já espero comentários do tipo - "Mas se tornar responsável é algo bom" - é nada! Bom é fazer besteira e não estar nem aí para o depois. Certo, beleza, ser inconsequente ao agir de forma que prejudique outra pessoa não é legal. Mas eu nunca fui desse tipo, minhas besteiras no máximo só prejudicam a mim mesmo.


Desde que meu namoro acabou ano passado, o tempo que ele durou serviu para me deixar mais responsável, desde então tenho saido menos, bebido menos, "caçado" bem menos. Eu já "fiz" em um dia outrora mais do que já "fiz" esse ano todo. O fogo baixou, e muito. Aquietiei o faixo. Acho que provei a mim que poderia ser uma pessoa quieta e ser feliz assim (como fui durante o tempo que namorei) e com isso desaprendi a ser como era antes. Talvez eu sempre tenho sido assim, mas estivesse escondido atrás de uma fantasia de danado.


Bem, ontem exagerei no toddynho e fiz algumas coisas que deixaram a galera preocupada comigo (coisas engraçadas, diga-se de passagem, mas não vou entrar em detalhes aqui para preservar o pouquinho de moral que não tenho, mas pessoalmente eu conto a quem quiser saber). Mãe se preocupar é uma coisa, é inevitável, mas preocupar seus amigos não é nada bom. Você passa a ser visto como um estorvo e consequentemente escanteado. Tá, exagero meu, não sei se já gerei isso antes, mas é a primeira vez que me dou conta disso. Como eu disse no começo, não é nada legal deixar outras pessoas preocupadas graças as suas besteiras. Aproveitei toda a filosofia de uma verdadeira ressaca para a partir de hoje tentar me policiar mais, ou seja, vou ficar mais chato.


Mas tudo isso pode ser conversa de quem tá com ressaca moral. Se bem que eu não lembro de muita coisa de ontem... Ainda defendo o estilo de um Pete Doherty e um Rosembrick como perfeitos padrões de vida.

4 Comenta aqui, campeão!:

Adolfo disse... [Responder comentário]

Bah, isso de beber e não saber o que fez é bastante perigoso.

Dói quando você senta?

Luana Silva disse... [Responder comentário]

acho que todo mundo que já teve suas ressacas pensou assim, um dia. Acontece...Agora vamos ver na próxima festa, se você vai lembrar do que escreveu nesse post. Eu, particularmente, sou adepta a idéia de que não preciso beber para me divertir. Mas para quem é acostumado, não ficar "bêbado" (bebum, bebasso, alegrinho e etc) vai ser meio difícil, creio eu. Boa sorte, o/ ;**

Mulher Super Sapiens disse... [Responder comentário]

Ahhhhhhhh, me deixou curiosa! Quero saber que coisas engraçadas foram essas, ó! kkkkkkk, olha, essa pergunta cabal sobre a ressaca eu sempre me refaço de seis em seis meses (que é o tempo que meu fígado precisa pra se recuperar cada vez que exagero no "toddynho", como diz vc) e nunca encontro resposta. A única coisa que eu sei é que meu fígado não é total flex e já andou se acostumando com coca light, logo, minha propensão para entornar a marvada é bem pouca. Deve ser por isso que eu sou uma mala sem alça; aliás, deve ser por isso tb que continuo encalhada, kkkkkkkkkkkk. Qto à amnésia, conforme disse o rapaz aí no comentário de cima, é um negócio meio perigoso mesmo. Mas melhor deixar isso pra lá, kkkkk.
Bjocas com apreço ;)

jéssica disse... [Responder comentário]

ai, quero saber, ativou minha curiosidade total!

e o doherty é foda, não devemos questionar o estilo de vida de um cara que namorava a kate moss. jamais.