1/13/2009

Ato 8


"Ciao" em italiano significa ao mesmo tempo "oi" e "adeus", essa palavra representa bem o momento que vivo. Estou dizendo "oi" para esse ano que vem e ao mesmo tempo digo "adeus" para o ano que vai acabando. E não há momento melhor para dizer "ciao" do que agora, pois é Natal, dia em que Cristo nasceu. Esse último ano que passou foi o pior momento da minha vida, tudo que podia dar errado, podem ter certeza: deu errado. Durante esse tempo eu aprendi o que é o karma, toda religião tem uma definição para karma, mas no geral quer dizer que tudo o que você faz e/ou te acontece volta para você um dia e vice-versa. Enfim, o karma ruim já passou.

Agora enquanto escrevo isso estou passando por um ótimo momento, felicidade, mesmo com um pé quebrado e depois ter feito uma cirurgia nele que tá me deixando parado em casa, o que não tá sendo problema nenhum porque estou recebendo muita atenção daqueles que me querem bem, não poderia ser melhor. Mas acho que só superei esse karma ruim porque aprendi com tudo o que me aconteceu, e estou procurando por tudo na prática. Esse meu final de ano está sendo muito bom também porque estou buscando a dar muito valor a todos os que estão a minha volta e posso dizer que consegui perdoar muitas coisas que me fizeram, de coração.

E mais uma vez falando de religião aprendi que o maior pecado dentre as três religiões monoteístas do mundo não é matar, roubar ou algo do tipo, e sim a perda da esperança. Deve-se sempre ter esperança dentro do seu coração. Por mais que eu pensasse que já tinha chegado ao fundo do poço eu sabia que podia ir mais fundo, porém sempre tinha um restinho de esperança dentro de mim de que um hora tudo isso ia passar. E passou. Sei que pelo resto da minha vida terei um espectativa um pouco mais pessimista, contudo aprendi a dar valor aos "detalhes" da minha vida e perceber o que o valor real da vida são esses "detalhes". Posso dizer que sei o que é amizade, o que é família, o que é superação, o que é arrancar forças de onde não se tem para dar ao próximo. Muitos vão morrer e não vão aprender o que são essas coisas, infelizmente ou felizmente.

Digo "felizmente" porque, sinceramente, não sei dizer se valeu a pena aprender tudo isso, não sei se preferia continuar não sabendo o que são essas coisas já que só aprendi em virtude das coisas que me aconteceram. Coisas essas que não só me atingiram, mas atingiram profundamente muitos ao meu redor. Mas não tem mais jeito, é levantar e sacudir a poeira. Consequência de tudo isso é que meu espírito está mais forte. O que posso passar para vocês é que não tenham medo de dizer "eu te amo" para quem você realmente ama, um dia você vai saber o quanto valeu a pena você dizer isso. E digo que sou feliz, não feliz como antes, mas feliz de uma forma diferente. Seja feliz do seu jeito.

Ciaoooo!!!

4 Comenta aqui, campeão!:

Évora da Ibéria disse... [Responder comentário]

ah, que legal.


=D

meu nome não é nada demais.

Luana Silva disse... [Responder comentário]

aprender a ser forte é inevitável.
a questão é saber o que está te deixando mais forte. Não que você tenha que rotular tudo o que passa e descobrir um motivo porquê aquilo aconteceu, mas de saber de onde veio essa força e, como você disse no texto, levantar e sacudir a poeira.
seus atos, dos menores ao mais longos, são lindos mesmo tão simples.
acho que ta faltando um pouco mais de simplicidade na vida de muita gente.
adorei.
beijos;*

Maysa disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Eveline disse... [Responder comentário]

ANDRE,p me conhecido como EXEMPLO...adoro voce!