7/08/2010

Pátria que o pariu!


Se for um daqueles ufanistas que acham que o Brasil é o melhor lugar do mundo e só o critica quem não tem olhos para os defeitos do jardim alheio eu recomendo que nem leia esse post porque eu vou entrar com os dois pés na pátria amada.

Avisados. Pois bem, segue o jogo.

Desde a Copa do Mundo de 2002, quando eu tinha 14 anos, que eu não consigo mais torcer pela seleção brasileira. Vejo aquele bando de jogadores em campo que mal sabem a história do seu país ou a que povo estão representando, só estão ali para alimentar sua conta bancária e seu ego. Garra? Raça? Determinação? Tudo isso passa longe das últimas seleções. Ai vejo uma seleção inglesa na Copa de 2006 ou a seleção uruguaia nessa Copa, dá gosto ver a vontade de vencer e honrar as cores de suas pátrias nesses jogadores. Dão o sangue por sua nação. Já no Brasil tanto faz como tanto fez. Lembro de 2006, aquela seleção que era a maior barca de todos os tempos, onde jogadores sérios eram raros e um deles, Juninho Pernambucano que era reserva entrou de frente em um dos jogos e na hora do hino ele foi o único a chorar. Foi o único jogador brasileiro a chorar durante o hino em toda a Copa. Lembram qual foi a repercussão disso aqui no Brasil? Que Juninho tinha pipocado, estava chorando de nervoso.

Brasileiro é o cidadão mais hipócrita do mundo. Se acha o maior defensor de seu pais de todo o globo, porém só demonstra seu amor à pátria a cada 4 anos beijando o escudo da CBF em época de Copa do Mundo. Cadê o amor ao Brasil na hora de votar em quem realmente quer trabalhar para o engrandecimento da nação? Cadê o amor ao país na hora de jogar lixo no seu solo sagrado? Cadê o amor a nação na hora de preterir um produto importado por um nacional, mesmo ambos sendo de mesma qualidade? Brasileiro gosta é de aparecer. Vejo os americanos, tão odiados por todo o mundo, não pensar duas vezes antes de ferrar outra nação, mas eles fazem isso para a glória de sua nação. Lá sim eles fazem tudo por sua bandeira e não estão nem ai para a sua imagem lá fora. Aqui no Brasil, ao invés de gastar-se tempo combatendo a corrupção, a grande maioria prefere gastar esse tempo tentando se eleger para pode fazer parte da festa no Legislativo. Engraçado, né? Só rindo mesmo.

Sou bairrista demais, além da conta, mas dentro do meu estado, entre meu povo reconheço todos esses defeitos listados. Basta lembrar a expulsão dos holandeses de Pernambuco. Durante o governo de Maurício de Nassau, Pernambuco era primeiro mundo, porém só pelo fato dele ser estrangeiro ele e tudo o que ele trouxe foram expulsos daqui. Mas isso é assunto para o historiadores, nem quero me aprofundar nisso.

Continuando, para mim o "Ordem e progresso" do pavilhão verde e amarelo poderia ser muito bem substituído por duas frases: "farinha pouca meu pirão primeiro" ou "do que adianta olhar para o céu, com muita fé e pouca luta?". Para falar mal eu novamente uso o exemplo do meu estado visando um comentário imparcial. Lá em Barreiros, diante de todo estado de calamidade, um morador que teve sua casa arrasada reclamava na tv que não conseguia pegar os mantimentos doados porque toda a população rural, entre outros, que nada tinha perdido com as chuvas simplesmente invadiram os postos de doações. Amor ao próximo mil, né?

Pois bem, tudo isso é só para dizer que nessas eleições mostrem todo o amor que demonstraram pela seleção de futebol na hora de votar. Só assim você pode mostrar que se importa com seu país.

3 Comenta aqui, campeão!:

carolfbm disse... [Responder comentário]

André, parabéns pelo teu posicionamento! Concordo contigo em muitas coisas e também acho que "do que adianta olhar para o céu, com muita fé e pouca luta?"!

E quanto ao futebol, torço pelo Brasil, mas respeito a tua opinião, porque sei que tens argumentos plausíveis quanto à isso.

E pra descontrair, dá uma olhadinha nesse vídeo, hahaha!
http://www.youtube.com/watch?v=5vZ63hkjYdc

E. disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
E. disse... [Responder comentário]

Podia ser pior..."Nosso" [generalizado] patriotismo podia ser que nem o cometa halley, a cada 76 anos o.o
Braincadeiras a parte...O brasileiro continua agoista demais tomar providencias para o engrandecimento GERAL da nação.Isso porque para muitos ganharem, alguns poucos teriam que perder o MUITO que tem. /fato