12/02/2011

Kiss the Girl


Eu vivo falando de amor, coisas bonitinhas, felizes para sempre, mas quando paro pra pensar em como funciona um relacionamento simplesmente tudo fica turvo em minha cabeça. Sério, não consigo entender a dinâmica de um namoro por exemplo.

Não qual é o protocolo, o procedimento que deve ser adotado quando você tem uma namorada. Quando se deve ligar, quantas vezes se deve ligar, o tempo que você deve ficar no telefone, qual a periodicidade que devo estar fisicamente com ela, durante quanto tempo, quando devo chamar pra sair, para onde devo chamá-la pra ir, quando e o que dá de presente. De verdade, não tenho noção nenhuma dessas coisas e tantas outras, quem já teve alguma coisa comigo sabe bem disso. É muito complicado! Um passo a mais, um a menos e tudo explode. Já era!

Nos meus dois namoros oficiais eu simplesmente ficava perdido nisso tudo. A coisa que eu mais queria naquela época era um manual de instruções explicando tudo. Nunca tive preguiça de ler manuais de instruções, pelo contrário, sempre achei divertido ir aprendendo como funcionavam as coisas, item por item. Toda vez descobria alguma função que não sabia que havia, grata surpresa quando isso ocorria.

Mas alguém vai dizer em seu subconsciente (já que tá difícil aparecer comentários aqui ultimamente, não façam isso, suas palavras é que movem isso tudo, não as minhas), “ah, André, isso tudo é por que você não encontrou a pessoa certa. No dia que você encontrar, tudo isso fluirá normalmente”. Bem, se você que pensou isso estiver realmente certa, eu não encontrei a pessoa certa ainda. Mas, pelo visto, acho que é mais fácil achar o manual de instruções do que essa pessoa.

Pra acabar o ano, vamos só de temas da Disney nos títulos do post já que meu atual vício é o algum In The Key of Disney de Brian Wilson.

7 Comenta aqui, campeão!:

Monica Calazans disse... [Responder comentário]

Meu querido Andre ou Andrezinho, relacionamentos são difíceis e complicados, por isso eles acabam e por isso tem tanta gente solteira... Achar manuais para as pessoas nao teria graça! Onde estariam os "se", as surpresas e ate as decepcoes... Já me decepcionei com pessoas e provavelmente já decepcionei outras e quer saber? Aprendi muito com isso e continuo aprendendo! Talvez as pessoas estejam certas em dizer que talvez você nao encontrou a pessoa certa, eu diria ainda; talvez você ainda viva muitas historias certas e incertas e vai ser feliz com isso! Para um garoto sensível que gosta de "dar flores" e fazer amigos: q vida lhe reserva muitas surpresas e boas historias para recordar! Um beijo e luz para você! Monica Calazans

Karol Araújo disse... [Responder comentário]

Cada relacionamento tem a sua dinâmica. Não fique se preocupando muito com detalhes desse tipo. A convivência e o diálogo resolvem essas suas questões aí. Mas isso leva um tempinho. Precisa-se um pouco mais de 2 meses pra acontecer (ou não). =p

=**

Sabrine Souza disse... [Responder comentário]

oh céus... A salvação seria um manual desses ai, com todos os pensamentos masculinos...Só de uma coisa eu cansei de ser solteira, quero mesmo é namorar! mais deixa passar o carnaval! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Jean disse... [Responder comentário]

Pra mim, se relacionar é sempre difícil... Acho que a questão de encontrar uma pessoa bastante compatível ajuda, mas é longe de ser tudo. Uma relação estável também envolve estabilidade na vida. Senão a chance de desandar aumenta violentamente.
Acho que manual, manual mesmo, é dar bastante valor praquilo que tem te bom, ter paciência e saber levar tempos difíceis, e procurar ter uma vida estável... mas isso é difícil e o resto tá fora do controle.

renatafs.17 disse... [Responder comentário]

André meu lindo é claro que tudo seria bem mas facil se tivesse um manual, mas é justo o contrario disso tudo que afz as coisas darem certo quando a gente se preocupa demais em como agradar a outra pessoa acaba esquecendo o essencial você,o que importa é oq você sente e o resto vem com o tempo as coisas vão fluindo a cada instante.

Luana Silva disse... [Responder comentário]

Tu pensa demais.

Lucy Almeida disse... [Responder comentário]

André... Não existem protocolos!
Deve-se ligar quantas vezes tiver a fim... Ligue 20x, ligue 1x, ligue nenhuma (pow, tem dia que a gente não quer falar com ninguém, só quer a cama... acontece com todo mundo, desde q isso não se torne um hábito). Aliás, não entendo como pessoas conseguem se falar 10, 15x ao dia e continuar tendo assunto, mas isso vai da dinâmica de cada namoro. Pra onde ir? Cara, as pessoas fazem os lugres... Leve p um que vc curta, leve pra onde ela curte, leve p uma barraca de cachorro quente (cso não seja vegetariana e desde que isso não vire hábito), que ela vai curtir do mesmo jeito. Dá presente quando tiver vontade, sem pressão. É lógico que existem datas obrigatórias (pelo menos isso vc deve saber), mas no mais... Se der vontade de dar... pq não? E se não tiver vontade... Por que dar? E o que dar? Pow, sei que a gente quer ver o outro super satisfeito com aquilo que a gente tá dando, seja amigo, namorado, família... Escolha o q vc acha q vai agradar e, se não agradar, azar. Com a convivência vc vai percebendo, compreendendo o estilo, a alma da pessoa, e isso talvez ajude... Ou não. Já viu algum namoro acabar pq um dos 2 errava nos presentes??
Desencana! Viva... só isso.Viu como é fácil? Num precisa de protocolo, guia ou bula. Não gostou da barraca de cachorro, não gostou do presente, fez cara feia... aah, próximo, por favor! Pq paciência é algo que me falta cada dia mais. ;)
=***