10/22/2010

Los Hermanos


Eu nunca entendi todo esse sentimento de ódio que o brasileiro tem pelo argentino. Toda vez que tem algum evento esportivo que envolve um duelo entre Brasil x Argentina já começam a surgir as provocações. Pelo que vejo e que divulgam, 90% das provocações vem dos brasileiros. Não sei como é na Argentina, o que aparece vindo de lá é muito pouco.

Vendo um jogo da Argentina ao lado da minha família, questionei um dos meus tios sobre a origem de toda essa rivalidade. França x Inglaterra, Portugal x Espanha, Alemanha x Áustria, Coreia do Sul x Coreia do Norte, Japão x China, e tantos outros exemplos são facilmente explicados por meio de qualquer livro de história, mas nunca vi nenhum livro de história falar de alguma desavença política ou militar envolvendo Brasil x Argentina. Houve a Guerra do Paraguai, mas nesse caso o Brasil lutou ao lado da Argentina e do Uruguai quando massacraram a nação paraguaia. Esses sim tem todos os motivos do mundo para nos quererem mortos já que acabamos com a até então nação mais próspera da América Latina.

Eis que meu tio cogitou a possibilidade disso ter surgido durante a Copa do Mundo de 78 na Argentina, torneio o qual é recheado de polêmicas envolvendo manipulações de resultados por parte do governo militar argentino para que a seleção local fosse campeã (e foi). Dizem (e eu acredito nisso) que a Argentina manipulou o seu resultado no jogo contra o Peru para poderem eliminar o Brasil. Certo, isso realmente deve ter acontecido, mas creio que não foi só o Brasil o único prejudicado nisso tudo, porém não vejo outras seleções com tanta rivalidade contra a Argentina feito o Brasil. Outra possibilidade é o suposto jogo violento argentino. Mas eu assisto o campeonato argentino e eles entram na porrada mesmo contra qualquer um, não é privilégio dos brasileiros apanharem deles. O que será então?

Argentino é arrogante? Isso não há muito que se discutir, pois já vi de alemão a mexicano falar isso. Mas brasileiro também é, porém só é arrogante na frente de um argentino ou outro brasileiro. Na hora de ir para Europa ou EUA todo brasileiro vira um poço de simpatia. Argentino é mala com qualquer um. Rivalidade econômica entre os dois países? Por favor, né? Querer comparar a economia brasileira com a deles é uma piada.

Eu prefiro acreditar naquela teoria da conspiração que diz que toda essa rivalidade só surgiu por causa do Globo. Alimentando isso ela ganha mais uma fonte para obter audiência para si. Na minha cabeça é a mais coerente.

Outra possibilidade é a de que brasileiro por natureza adora menosprezar outro. Exemplo disso está aqui dentro do país mesmo. Basta perguntar o que um sulista acha de um nordestino, a comunidade "eu odeio nordestino" está ai para não me deixar mentir.

Brasileiros, sulistas, etc... Parem de ficar arengando por nada, é briga sem causa! Procurem ver o que esses povos tem de bom, o que podem te oferecer, é muita cultura que eles possuem. Deixem de engolir corda e vão aproveitar tudo de bom que eles tem que é o melhor que cada um faz. E se seu amigo estiver usando uma camisa da Argentina, não vá brigar com ele, a camisa é bonita mesmo.

Ps: sim, eu estava torcendo pela Argentina nessa Copa, da mesma forma que estava torcendo pelo Chile e torci pelo Uruguai. Pois foram essas as únicas seleções a apresentarem um futebol que agradasse, ao contrário da Seleção da CBF que me dava raiva de ver jogando.

1 Comenta aqui, campeão!:

Carla disse... [Responder comentário]

A gente devia ter, no mínimo, rivalidade contra os países que não são,pelo menos, do nosso continente.A América do Sul é um lugar cheio de história boa e lugar legal,mas sempre esquecemos de que fomos praticamente massacrados pelos europeus e norte-americanos e preferimos manter a rivalidade interna do que provocar a UE ou os EUA;não cairia bem pra nossa economia/política internacional...Eu também nunca entendi essa rixa com a terra de Evita,tanto que vários conhecidos meus que foram pra Argentina voltaram falando que foram bem recebidos e que o povo de lá é bem simpático.Vai saber.