6/10/2012

Cão-guia


Você conhece uma pessoa, se interessa por ela, às vezes até se apaixona logo de cara. Beleza. Começa a ficar com essa pessoa, vai tudo caminhando bem, eis que decidem começar um relacionamento sério. A felicidade segue na vida de ambos. Porém vem o tempo e começar a acabar com isso e acaba com o relacionamento também.

Massa. É óbvio que na grande maioria das vezes isso acaba de uma forma ruim com pelo menos uma das partes saindo muito magoada; nessa situação não tem muito que se fazer a não ser se afastar do outro um por bom tempo, até as magoas sararem. Porque nada pior que ficar revendo e mantendo contato com essa pessoa para abrir feridas.

Mas esse tempo passa, você supera ela e a vida de ambos seguem cada uma em seu caminho. Nada como o correr do calendário para apagar muita coisa em sua vida, coisas que te fazem mal. O tempo é a melhor borracha para o passado, é só ter paciência que ele vai limpar toda a sujeira, porém ele não funciona muito bem com as coisas boas que aconteceram, essas insistem em permanecer dentro de você.

Eis que chegamos à questão principal do post. Por que tem tanto ex-namorado que não se fala, não só isso, simplesmente finge que o outro não existe. Famoso “passa e não fala”. Qual o sentido disso? Quer dizer que tudo o que viveram, inclusive as coisas boas, simplesmente deixam de existir e de íntimos ambos passam a ser completos desconhecidos um para o outro? Faz menos sentido ainda quando aquele que mais saiu magoado da história é aquele que perdoa e mesmo assim o lado errado age assim.

Tudo bem que você não deve se arrepender do que já fez, mas tem pessoas no mundo que não vão melhorar em nada a sua vida. Ou melhor, vão sim, mas do jeito ruim. Quando você tem que aprender com o erro. E melhor que o tempo pra apagar mancha é Lavarte, lava até alma sebosa.

Esse mês vamos de Móveis Coloniais de Acaju.

3 Comenta aqui, campeão!:

Raissa disse... [Responder comentário]

Não tá fácil ser ex.

Ingrid Machado disse... [Responder comentário]

Raissa, não tá fácil ser gente!

http://www.youtube.com/watch?v=eFk-qSUivgg&feature=share


Xero ;)

Tercira Dornelas disse... [Responder comentário]

Deu certo sim, até o momento que acabou, mas até o "adeus", deu certo e não tem porque esse mal estar entre o ex... Isso nas situações NÃO traumáticas.